Aos 20 anos, brasileiro cria sistema para comunicação com pessoas em coma.

- 14:11:00

Aos 20 anos, brasileiro cria sistema para comunicação com pessoas em coma.

Mesmo com todas as barreiras colocadas por nossos governantes, exemplos de brasileiros que inovam e produzem conhecimento científico nos dão esperança de dias melhores. É o caso de Luiz Fernando da Silva Borges, de apenas 20 anos, que está desenvolvendo um sistema comunicação com pessoas que estão em coma.

Morador de Aquidauana, no interior do Mato Grosso do Sul, Luiz Fernando está se esforçando para criar algo que pode parecer apenas fruto de imaginação: um sistema capaz de ler a mente de pessoas desacordadas.



Basicamente, o trabalho de Borges faz com que o computador se conecte ao sistema nervoso do paciente, detecte sinais da atividade cerebral e os traduza para que os médicos e familiares possam entender o que está passando na mente da pessoa em coma.

O trabalho do jovem se baseia em um estudo britânico que demonstrou ser possível se comunicar com pessoas em coma através de aparelhos de ressonância magnética. Luiz Fernando absorveu o conceito e criou um equipamento portátil para isso, já que a máquina de RM é muito grande e seu funcionamento é caro.

No paciente são colocados uma touca com vários fios conectados a sensores e um fone de ouvido. Ao ouvir perguntas, diferentes partes do cérebro são ativadas, e o sistema traduz essa atividade em respostas positivas ou negativas.




Luiz Felipe Borges é mesmo um cientista precoce. Ele já venceu duas vezes o prêmio Intel International Science and Engineering Fair na categoria engenharia biomédica.

Em 2016, ele apresentou uma prótese que busca melhorar a sensibilidade tátil de pessoas que perderam o antebraço, e no ano seguinte veio o sistema para pacientes em coma, que ele chama de Hermes Braindeck.

Foi graças à notoriedade trazida pelas premiações que Luiz Felipe recebeu o apoio de investidores interessados em ajudar a desenvolver seus projetos. Por enquanto, apenas voluntários conscientes testaram o aparelho, mas ele deve ser usado em pessoas que realmente estão em coma em breve.

Fonte: hypeness

Compartilhe com seus amigos !!!