ANVISA aprova novo medicamento para Leucemia

- 15:29:00

ANVISA aprova novo medicamento para Leucemia (LMA).

Este é um dos tipos mais agressivos de câncer, com poucas opções de tratamento para pacientes sem indicação para quimioterapia intensiva.

O medicamento Venetoclax foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para o tratamento de pacientes recém-diagnosticados com leucemia mieloide aguda (LMA), que não sejam elegíveis para quimioterapia intensiva.

A LMA é um dos tipos mais comuns de leucemia em adultos, na qual a medula óssea produz formas anormais e imaturas de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas. Se não tratada, sua progressão acontece rapidamente.

Sinais e Sintomas são:

- Febre e infecções recorrentes, pois a doença se dá nos glóbulos brancos;

- Aumento de nódulos linfáticos, baço e fígado;

- Fadiga, fraqueza e palidez (devido à redução de glóbulos vermelhos);

- Dor nos ossos;

- Redução de peso;



- Hematomas e sangramentos espontâneos, devido à baixa de plaquetas.

Se perceber qualquer alteração em seu corpo, procure um médico. O especialista neste tipo de leucemia é o onco-hematologista. No dia da consulta, conte ao seu médico sobre cada um dos sintomas, e fale também sobre os medicamentos dos quais fez uso. Isso pode ajudar, e muito, no momento do diagnóstico. 

Muitos pacientes não têm indicação para realizar um tratamento intensivo, que exige medicamentos quimioterápicos em doses elevadas e causa períodos prolongados de imunossupressão. Esta limitação é ainda mais preocupante, porque a incidência da LMA aumenta com a idade, e muitos pacientes são idosos.

Venetoclax é o primeiro medicamento de uma nova classe, que seletivamente inibe a proteína BCL-2, responsável por impedir o processo natural de morte das células doentes. Ele é opção para os pacientes que não podem receber quimioterapia intensiva.


Fonte: Comunicação Abrale